Menu
sábado, 22 de setembro de 2018
Cidade

Câmara declara luto pela morte do Professor Antonio Carlos Vilela Braga

28 Fev 2014 - 11h23Por Da Assessoria de Imprensa
0 - 0 -

A Câmara Municipal de São Carlos declarou luto oficial de três dias, por meio de Portaria, em memória do  professor e ex-vereador Antonio Carlos Vilela Braga,falecido em São Paulo na noite desta quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014.

Em nota, o presidente do Legislativo, Marquinho Amaral (PSDB) manifestou pesar pela morte “de uma personalidade de grande contribuição à política, à educação, cultura e desenvolvimento de nossa cidade”.

“No âmbito político”, assinalou Marquinho, “o professor Braga deixa um legado de probidade, idealismo e espírito democrático, tendo participado da vida pública com muita dignidade, externando sempre ideias modernas e avançadas acerca de uma ação política transformadora”.

Natural de Varginha (MG), o Professor Braga radicou-se em São Carlos nos anos 1960.Trabalhou na Companhia Brasileira de Tratores (CBT) e com atuação no campo educacional fundou em 1971 a Faculdade de Administração de Empresas de São Carlos da Associação de Escolas Reunidas precursora do Centro Universitário Central Paulista (Unicep), responsável pela UNICEP, ASSER Rio Claro e ASSER Porto Ferreira. Também implantou as unidades do Anglo em São Carlos e Araraquara e foi um incentivador da cultura  no município. Foram de sua iniciativa, trabalhos de produções como o trabalho “Olhares sobre São Carlos. Resgate do acervo fotográfico da cidade” e a  série “Documentos”, que reeditou importantes obras como  material de apoio a pesquisas de História e Geografia em São Carlos

No âmbito político, o professor Braga militou no PMDB, tendo sido vereador na Legislatura de 1983 a 1988,ano em que foi um dos fundadores do PSDB pelo qual concorreu à Prefeitura de São Carlos. Era casado com a professora Zuleika Hortenzi e pai de Caio Graco, Caio Graco, David e Luis Felipe.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias