Menu
segunda, 21 de maio de 2018
Cidade

Altomani assina convênio da atividade delegada

26 Mar 2014 - 14h06Por Da Assessoria de Imprensa
0 - 0 -

Nesta terça-feira (25), o prefeito Paulo Altomani, juntamente com o secretário de Governo, Júlio Soldado, o secretário de Planejamento e Gestão, Julio Cesar Pereira de Souza e o comandante da Guarda Municipal, Jorge Negretto, se reuniu com o Comandante do CPI-3, de Ribeirão Preto, Coronel José Roberto Malaspina, e com o Comandante interino do 38º Batalhão da Policia Militar, em São Carlos, Major Alexandre Wellington de Souza, para discutir e assinar o convênio de implantação do projeto “Atividade Delegada”. Para que a implantação seja efetivada, agora, bastam apenas as assinaturas do governador Alckmin e do secretário de Segurança Pública do Estado, Fernando Grella Vieira.
 
O convênio possibilita que policiais militares auxiliem em ações na cidade, durante os horários de folga. Além de aumentar o efetivo nas ruas, a medida visa contribuir para a redução de crimes. “Nós estamos aguardando que o convênio seja assinado pelo governador e secretário de Segurança Pública. A Atividade Delegada era um compromisso que eu tinha com a Polícia Militar e a sua implantação vem para contribuir e dar corpo às funções da Guarda Municipal”, afirmou Altomani.
 
Além do planejamento da Atividade Delegada, foram discutidos durante a reunião, o aumento do índice de violência, o aumento no número de moradores de rua na cidade e a questão da implantação do sistema de atendimento 190. “A central de atendimento da Policia Militar é feito atualmente em Ribeirão Preto. A intenção era implantar esse atendimento em São Carlos, mas como não foi possível, serão encaminhadas eventuais reclamações da população para Ribeirão Preto, já que tudo é gravado pela central. O objetivo é que a população tenha um serviço de máxima eficiência”, esclareceu o prefeito.
 
Quanto à violência, Altomani afirmou que estão sendo tomadas as devidas providencias para solucionar a questão. “A situação aflige todo o país. O objetivo é que, com a Atividade Delegada, os índices de violência baixem. Os locais com maior incidência de crimes serão prioritários para receber o reforço de segurança pública. E com o convênio será possível atribuir as tarefas da Policia Militar, que em colaboração com a Guarda Municipal, estarão agindo de forma conjunta”, destacou o prefeito.
 
Já sobre o aumento do número de moradores de rua na cidade, Altomani sugeriu uma reunião com o Judiciário, a Polícia Civil e a Policia Militar, para que se possa chegar a uma solução. “O objetivo será disciplinar a permanência do morador de rua na cidade, identificar aqueles que são da cidade e os transitórios. As ações serão feitas de maneira integrada, ampliando as abordagens e agindo, principalmente, de forma preventiva nos pontos mais críticos do município”, informou Altomani.
 
Segundo o Major Wellington , o prazo para a implantação não será demorado, bastando apenas a governador e o Secretário de Segurança Pública assinarem o convênio. “A Atividade Delegada será um ganho para o policial, que terá um bom aumento no seu salário e também para a população, que ganha policiamento preventivo e ostensivo contra o crime. Estamos felizes pela receptividade do prefeito, a Segurança Pública não é fácil, contudo acreditamos na diminuição e eficácia da segurança pública de São Carlos com a assinatura do convênio”, enalteceu o Major.
 
Também participaram da reunião, o Major José Ferreira Adalberto e os Capitães Valdemir Dias e Jeferson Lopes Jorge.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias