Menu
segunda, 15 de outubro de 2018
Cidade

Adolescentes do Grupo Expressarte expõe seus trabalhos na sede no NAI

10 Abr 2009 - 14h01Por Redação São Carlos Agora
Doze adolescentes do programa Liberdade Assistida (LA), uma das medidas socioeducativas em meio aberto previstas no Estatuto de Criança e do Adolescente (ECA) para adolescentes em conflito com a lei, que fazem parte do grupo Expressarte – Arte em Liberdade e aprendem a técnica de pintura em tela estão expondo os seus quadros na sede do Núcleo de Atendimento Integrado – NAI São Carlos.

A Liberdade Assistida visa ao acompanhamento do adolescente durante o período estabelecido pelo juiz da Vara Especial da Infância e Adolescência. Durante os meses de vigência da medida, profissionais e instituições competentes unem-se para, numa rede de serviços de apoio, auxiliá-los na construção de novos projetos e formas de realizá-los.

O programa de Liberdade Assistida, e de prestação de serviços comunitários, outra medida em meio aberto, são desenvolvidos em São Carlos através de uma parceria entre a Fundação Casa, Salesianos São Carlos e a Prefeitura de São Carlos.

Segundo a coordenadora da LA em São Carlos, Glaziela Solfa Marques, o objetivo do programa é trabalhar e resgatar a auto-estima dos jovens, lapidar os seus talentos e incentivá-los em vivências significativas, que favoreçam a aprendizagem e a descoberta de estilos. 

Todas as telas estão a venda e os preços variam entre R$ 100,00 e R$ 200,00. “O dinheiro arrecadado com a venda das telas são revertidos para os próprios adolescentes e para a compra de material”, comentou a professora de pintura e responsável pelo grupo Expressarte, Sirlene Scurachi.

Na LA de São Carlos, que hoje funciona na sede do Salesianos São Carlos, são atendidos cerca de 120 adolescentes por mês que recebem acompanhamento psicológico e socioeducativo. “Aqui cada menor tem um orientador de referência, além de terapeuta ocupacional, pedagogo e assistente social. Trabalhamos com os adolescentes e com as famílias.
Oferecemos cursos e oficinas de artesanato, confecção de bijuterias, pintura em tela e atividades de musicalidade”, explicou a coordenadora.

Os interessados em conhecer o trabalho e adquirir as telas podem ligar (16) 2107-3316 para receber mais informações.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias