Menu
domingo, 16 de dezembro de 2018
Brasil

Justiça americana retira acusações do lutador Thiago Silva, preso em fevereiro

08 Set 2014 - 16h14

Thiago Silva, preso em fevereiro – e, consequentemente, demitido pelo UFC -, é um homem livre. A Justiça da Flórida retirou todas as acusações contra o meio-pesado, decorrentes de uma suposta briga com a ex-mulher, Thaysa Kamiji, e o namorado dela, Pablo Popovitch, nas imediações da escola de artes marciais onde Popovitch leciona. Thaysa não teria cooperado com as investigações e acabou deixando o país, fato que levou a Justiça a retirar as acusações. As informações foram divulgadas pelo site TMZ na última quarta-feira (3).

Relembre o caso clicando aqui.

Silva voltaria ao MMA no dia 29 de agosto, no Fight Time 20, mas acabou sofrendo uma lesão no joelho e teve que abandonar o confronto. Vale lembrar que, imediatamente após a prisão de Thiago, ocorrida no dia 6 de fevereiro deste ano, Dana White, presidente do Ultimate, anunciou que o lutador nunca mais lutaria na organização. Agora que o brasileiro foi legalmente liberado das acusações, resta esperar para ver se Dana vai manter a decisão.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias